Dicas

Preparamos uma série de Perguntas e Respostas para você tirar suas dúvidas. Clique nas perguntas para ler a resposta.



  • Quais os benefícios do calcário dolomítico ao Solo ?

    O Calcário dolomítico é muito usado para correção do solo e sua nutrição tornando-se em muitas ocasiões essêncial para seu uso, segue alguns de seus  benefícios.

     - Proporciona os nutrientes Cálcio e Magnésio para as plantas;

     - Neutraliza a acidez do solo, reduzindo também a solubilidade do   manganês, ferro e do alumínio, que são   tóxicos às plantas quando em   grandes quantidades;

     - Aumenta a atividade e o número de bactérias benéficas ao solo,   acelerando a decomposição dos resíduos das plantas, liberando Nitrogênio   e Fósforo, benéficos ao crescimento dos vegetais;

     - Com a aplicação de calcário nos solos, ficam disponíveis outros elementos   mais raros às plantas;

     - Melhora as condições de drenagem e arejamento do solo;

     - O Cálcio afeta diretamente a ocorrência e evolução das doenças,   aumentando a resistência das plantas ao agente causador (fungo,   bactéria ou vírus), e, indiretamente, através da reação do solo.

     - A prática de calagem também controla parcialmente a ocorrência e a   severidade das doenças modificando o solo de tal forma que proporciona   um maior ou menor desenvolvimento de microrganismos prejudiciais à   planta. Exemplo: Fundo preto (tomate), Podridão-mole (batata), Fusarium   oxysporum (melão), etc.

  • O pH do solo influência na absorção de nutrientes pela planta ?

    O pH, potencial Hidrogeniônico, influência direta e indiretamente a capacidade da planta absorver nutrientes do solo.   Em situações extremas o solo poderá ir de 3 a 9,5. Valores inferiores a 5 e superiores a 8,5 representam condições severas de sobrevivência para as plantas.

    O pH mede a acides e a alcalinidade medindo a concentração de iões de Hidrogênio (H+) e de iões Hidróxidos (OH-). A escala de pH vai de 0 a 14, ou seja de extremamente ácido (0) passa por neutro (7) até extremamente alcalino (14)

    O melhor PH para absorção de Nitrogênio, potássio e Fósforo é entre 6,5 e 7,5.
    A Absorção de fósforo diminui com pH inferior a 6 porque o Alumínio e o Ferro bloqueiam-no; e quando pH é superior a 7,5 bloqueia com o Cálcio.

    Quando o valor de pH é inferior a 5 o Alumínio e o Manganês tornam-se tóxicos; e quando o pH é superior a 7,5 o Manganês, o Ferro, o Zinco e o Cobre tornam-se insolúveis ou não disponíveis, ocasionando déficit em micronutrientes.